Projeto de extensão “Os perfis sociais dos fluxos migratórios no Espírito Santo”

Prof. Dr. Ednelson Mariano Dota (Coordenador)
Prof. Dr. André Luiz Nascentes Coelho
Bolsista: Jhonatan Telles Ribeiro

Registrado sob o número 241 em projetos.ufes.br

Apresentação

Os fluxos migratórios que impactaram o Espírito Santo ao longo da década de 2000 mostraram-se diferenciados em relação a períodos anteriores, culminando em resultados também diferenciados. O fato de ter crescido mais do que a média do país, 1,27% a.a. entre 2000 e 2010, colocou o Estado na condição de área de atratividade migratória. Esse crescimento, entretanto, mostrou-se diferenciado internamente: os municípios da Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV) cresceram significantemente mais do que os municípios não metropolitanos nos dois períodos considerados, contribuindo decisivamente para o crescimento do Estado como um todo. No interior, verificou-se evasão populacional, que pode resultar em modificação da estrutura demográfica e impactos sociais e econômicos significativos.

Tendo em vista que a migração desempenha papel central para a redistribuição espacial da população e afeta o crescimento demográfico dos municípios, conhecer a dinâmica migratória dos municípios e o perfil social da população que está em movimento mostra-se necessidade primária para compreender o crescimento demográfico e refletir sobre o planejamento dos municípios e do Estado. Se o volume de migrantes vem ganhando importância no Espírito Santo, tal fenômeno já foi verificado em décadas anteriores em outras localidades do país e os resultados sociais, pela falta de planejamento, não foram os mais adequados. O presente projeto tem o intuito de colaborar para um melhor conhecimento das dinâmicas migratórias recentes para, a partir disso, contribuir com políticas eficientes de planejamento nas mais diversas áreas.

Objetivos

- Conhecer o perfil social dos migrantes no Espírito Santo;
- Contribuir para o planejamento de políticas públicas a partir das tendências da migração;
- Desenvolver e disponibilizar produtos que possam ser utilizados pela sociedade como instrumentos de reflexão voltados ao planejamento e bem-estar social.

 

Resultados e produtos

 

Livro Envelhecimento e migração no Espírito Santo: dinâmica espacial e sociodemográfica para políticas públicas

Envelhecer é uma conquista da sociedade e representa avanço social em diversas áreas, principalmente em relação à saúde e o bem estar da população. Partindo dessa perspectiva positiva, o livro busca apresentar os novos desafios para a elaboração de políticas públicas que emergem a partir do processo de envelhecimento da população, que vive um período de aceleração no Brasil. Para isso, debatemos o envelhecimento a partir da dinâmica espacial do fenômeno utilizando o estado do Espírito Santo como plano de fundo, numa análise multiescalar que se utiliza da linguagem cartográfica como forma de comunicar as transformações e mudanças do fenômeno no tempo e espaço. No primeiro capítulo realizamos uma discussão sobre os desafios do envelhecimento para as políticas públicas, bem como, apontamentos teóricos sobre a relação entre envelhecimento populacional e migração. No segundo capítulo realizamos análises de viés comparativo entre o processo de envelhecimento do Espírito Santo em relação ao observado no Brasil e na região Sudeste e, em seguida, transportamos o debate para a escala municipal. O capítulo 3 focou em compreender a relação entre o envelhecimento e a migração a partir dos municípios capixabas, evidenciando as dinâmicas distintas para cada um deles, conforme o papel desempenhado na economia e na rede de cidades do estado. Já no quarto capítulo, a discussão foca na escala metropolitana da Grande Vitória, onde observamos novas especificidades em relação a dinâmica demográfica do envelhecimento populacional, sobretudo na integração e interdependência das atividades produtivas e dos espaços de habitação. Na última parte, é dado enfoque para a capital, Vitória, em que se demonstra ser um município envelhecido como consequência da emigração de população jovem para os municípios do entorno. Toda a discussão corrobora para a compreensão de que envelhecer, embora seja um curso natural da vida e pode ser analisado em nível individual, é um fenômeno multifacetado quando se considera as questões demográficas, sociais, espaciais e escalares, o que evidencia a necessidade de que as políticas públicas estejam sempre atentas a tais particularidades. O objetivo do livro, nesse sentido, foi o de contribuir com essa reflexão, apresentando aos gestores públicos e à sociedade como a reflexão sobre o envelhecimento está relacionada a outros fenômenos que estão além do próprio processo de envelhecer, como é o caso da migração, e resulta de elementos que modificam o território e torna o envelhecimento um fenômeno desigualmente distribuído no espaço, que acompanha a dinâmica especial de outros fenômenos sociais.

 

Indicadores de envelhecimento dos municípios do Espírito Santo

Trata-se de um banco de dados com informações sobre o envelhecimento populacional em nível municipal, comtemplando os 78 municípios do Espírito Santo, pertindo conhecer a dinâmica do envelhecimento em cada um deles através de indicadores consagrados para esse tipo de análise.

 

Atlas da migração no Espírito Santo

O Atlas da migração no Espírito Santo apresenta uma série de mapas sobre a dinâmica migratória no Estado, analisando a dinâmica espacial dos fluxos migratórios ao longo da década de 2000. Ele apresenta as informações em nível de município e foi gerado a partir dos microdados do Censo Demográfico brasileiro de 2010.

 

Indicadores de migração dos municípios do Espírito Santo: o período 2000-2010

Trata-se de um banco de dados com informações sobre a dinâmica demográfica e migratória dos 78 municípios do Espírito Santo. Os dados estão divididos em três partes: na primeira estão dados da população residente; na segunda (dados data-fixa – 2005/2010) e na terceira (dados última-etapa – 2000-2010) são apresentados dados de imigração, emigração e saldo migratório nas trocas intra e interestaduais dos municípios, possibilitando conhecer as dinâmicas de cada um deles no período.

 

 

Para outras informações e acompanhar a dinâmica cotidiana do projeto, visite o blog: blog.ufes.br/demografia e acesse o instagram do projeto: instagram.com/demografiaufes

 

Anexo(s): 
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910