"’NOVOS’ TERRITÓRIOS EÓLICOS E OS IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS NO
MUNICÍPIO DE MARCOLÂNDIA, ESTADO DO PIAUÍ"

Nome: Jaerle Rodrigues Campêlo
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 18/12/2018
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Edson Soares Fialho Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Celeste Ciccarone Examinador Interno
Edson Soares Fialho Orientador

Resumo: A questão energética assumiu posição importante no cenário ambiental global com
relação à geração de energia elétrica, visto que muitos são os
problemasrelacionados às suas formas de geração e obtenção, tornando-se um
problema em todo o mundo, devido à necessidade de atender a demanda
populacional, pois este é um requisito básico na sociedade globalizada. Um futuro
energético com uso intensivo de combustíveis fósseis apresenta uma série de
problemas para o mundo, tais como:desequilíbrios ambientais, poluição atmosférica,
aquecimento global, dentre outros. No Brasil, a energia eólica ainda carece de
grandes investimentos para a sua expansão, sendo uma das fontes mais
promissoras e ambientalmente sustentáveis.A paisagem do campo tem sido
modificada, extensas áreas agrícolas estão sendo substituídas por atividades não
agrícolas, quetem levado a significativasmudanças, em razão, por exemplo, da
instalação degrandes complexos eólicos. Contudo os impactos na geração e
utilizaçãodessa fonte de energia são tanto positivos, quanto negativos. O município
de Marcolândia localizado no Nordeste brasileiro destaca-se nesta nova conjuntura
de energia limpa, devido ao expressivo quantitativo de empreendimentos eólicos
instalados nos ‘’novos’’ territórios eólicos. Dessa forma, a pesquisa, buscou
investigar os impactos da implantação de um parque eólico, tendo como exemplo o
município de Marcolândia-PI, inserido no Complexo Eólico Chapada do Piauí,
discutindo as transformações locais, principalmente, no meio físico (paisagem) e
social.Este trabalho é de cunho descritivo, com levantamento bibliográfico e
realizado por meio de estudo de caso. A pesquisa revelou que os impactos mais
significativos no meio físico estãorelacionadosà colisão da fauna,principalmente
animais que colidem com as hélices dos aerogeradores,causando essencialmente a
mortalidade de morcegos. O impacto socioambiental possui relação direta com o
arrendamento dos terrenos para a implantação dos parques eólicos, uma vez que
aumentou o poder de compra da população, e gerou oportunidades de empregopara
a população local, principalmente na fase inicial do empreendimento, devido à baixa
qualificação da mão de obra da região.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910